Visitantes

quarta-feira, 2 de março de 2016

Caça-palavras: Mata Atlântica.

Mata Atlântica
 Considerado a quinta área mais ameaçada do planeta, esse sistema ambiental é, na verdade, um mosaico de ecossistemas diversificados, com estruturas e interações ecológicas diferentes em cada região. Alguns dos ecossistemas associados são o cerrado, a mata de araucária e as formações litorâneas.
A mata Atlântica chegou a cobrir 15% do território nacional, espalhando-se por cerca de 1,3 milhão de quilômetros quadrados na área litorânea do Brasil, desde o Rio Grande do Norte até o litoral de Gaúcho. No período colonial, grande parte da floresta foi destruída por causa da extração de pau-brasil e da agricultura canavieira no Nordeste. Já corriam os tempos republicanos quando, no Sudeste, a mata cedeu espaço à produção cafeeira. Hoje, apesar de ser o ecossistema mais bem protegido pela lei, restam 7% de sua área original, preservada graças à presença da serra do Mar, que funciona como um obstáculo à ação humana.
Muitos dos animais brasileiros ameaçados de extinção dependem de suas florestas: várias espécies de mico-leão, o macaco muriqui, a lontra, o tatu-canastra e a onça-pintada. Também vivem na região gambás, tamanduás, preguiças, antas, veados, cutias e quatis.
De clima tropical, quente e úmido, a mata Atlântica apresenta um relevo de planaltos e serras que impede a passagem de massas de ar para o interior, provocando chuvas constantes. Nela estão os mananciais que abastecem de água 70% da população brasileira. Sua área abrange as bacias dos rios Paraná, Uruguai, Paraíba do Sul, Doce, Jequitinhonha e São Francisco. A região concentra os grandes conglomerados populacionais e urbanos do país e os principais polos industriais, petroleiros e portuários, respondendo por cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.
 Vegetação – Entre as florestas tropicais, é a que apresenta a maior biodiversidade por hectare do planeta, com espécies como ipê, quaresmeira, cedro, palmiteiro, canela e imbaúba. Possui ainda a maior diversidade botânica do mundo para plantas lenhosas. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em um único hectare no sul da Bahia foram registradas 454 espécies. As maiores são o jequitibá-rosa, que chega a atingir 40 metros de altura e 4 metros de diâmetro, e os vários tipos de figueira.

Mata Atlântica
 Considerado a quinta área mais _____________ do planeta, esse sistema ambiental é, na verdade, um mosaico de _____________diversificados, com estruturas e interações ecológicas diferentes em cada região. Alguns dos ecossistemas associados são o cerrado, a mata de _____________e as formações litorâneas.
A mata Atlântica chegou a cobrir 15% do território _____________, espalhando-se por cerca de 1,3 milhão de quilômetros quadrados na área litorânea do Brasil, desde o Rio Grande do _____________até o litoral de Gaúcho. No período colonial, grande parte da floresta foi destruída por causa da extração de _____________ e da agricultura canavieira no _____________. Já corriam os tempos republicanos quando, no Sudeste, a mata cedeu espaço à produção _____________. Hoje, apesar de ser o ecossistema mais bem protegido pela lei, restam 7% de sua área _____________, preservada graças à presença da serra do Mar, que funciona como um obstáculo à ação _____________.
Muitos dos animais brasileiros ameaçados de _____________dependem de suas florestas: várias espécies de mico-leão, o macaco muriqui, a lontra, o _____________-canastra e a _____________-pintada. Também vivem na região gambás, tamanduás, preguiças, antas, veados, cutias e quatis.
De clima tropical, quente e _____________, a mata Atlântica apresenta um relevo de planaltos e serras que impede a passagem de massas de ar para o interior, provocando _____________constantes. Nela estão os mananciais que abastecem de água 70% da população brasileira. Sua área abrange as bacias dos rios Paraná, Uruguai, Paraíba do Sul, Doce, Jequitinhonha e São Francisco. A região concentra os grandes conglomerados populacionais e _____________do país e os principais polos _____________, petroleiros e portuários, respondendo por cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

 Vegetação – Entre as florestas tropicais, é a que apresenta a maior _____________por hectare do planeta, com espécies como ipê, quaresmeira, _____________, palmiteiro, canela e imbaúba. Possui ainda a maior diversidade botânica do mundo para plantas lenhosas. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (_____________), em um único hectare no sul da Bahia foram registradas 454 espécies. As maiores são o jequitibá-rosa, que chega a atingir 40 metros de altura e 4 metros de diâmetro, e os vários tipos de figueira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares