Visitantes

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

mais 7 questões sobre capitalismo e blocos econômicos


15 - UFVJM - Leia este trecho.
“O Brasil é o país dos Brics com os melhores indicadores de redução das desigualdades sociais, de acordo com a pesquisa "Os Emergentes dos Emergentes", divulgada hoje em São Paulo pela
Fundação Getúlio Vargas (FGV). O levantamento apura que no Brasil a evolução dos indicadores
das classes sociais tem mostrado desempenho superior ao dos dados macroeconômicos”.
Fonte: Agência Estado de S.Paulo, 27/06/2011
Os países que compõe o grupo dos Brics são:
A) Brasil, Rússia, Chile, Suécia e Suíssa.
B) Brasil, Rússia, China, Indonésia e África do Sul.
C) Brasil, Ruanda, Chile, África e Suécia.
D) Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul.

16 - Graças à manutenção dos baixos salários nos países periféricos, as empresas transnacionais estão tentando reconstruir o sistema de divisão internacional do
trabalho mediante a deslocação para a periferia de parte crescente da atividade
industrial. Uma periferia semi-industrializada emerge assim sob a forma de um
espaço em que localizam atividades industriais controladas, em boa parte,
para o mercado desse espaço... A nova divisão internacional do trabalho permite
a essas empresas alcançar um de seus objetivos: abrir espaço para a industrialização
periférica no quadro da modernização.
Fonte: Celso Furtado – Introdução ao desenvolvimento – Adaptado
De acordo com o exposto, pode-se afirmar que
A) a modernização estrutural do modo de produção capitalista restringiu-se
aos países periféricos, onde se praticam baixos salários.
B) a evolução da divisão internacional do trabalho determinou importantes
modificações no espaço geográfico ao longo da história.
C) o espaço geográfico é imutável frente aos fatos históricos, mas subordina-
se aos fenômenos da natureza.
D) a divisão internacional do trabalho é uma característica imperialista do
séc. XIX, portanto não se aplica à modernização industrial.

17 - Uma das maiores transnacionais brasileiras e uma das maiores mineradoras do mundo, o grupo empresarial da Vale é composto por, pelo menos, 27 empresas coligadas, controladas
ou joint ventures, distribuídas em mais de 30 países,como Brasil, Angola, Austrália, Canadá, Chile, Colômbia, Equador, Indonésia, Moçambique, Nova Caledônia e Peru, onde desenvolve atividades de prospecção e pesquisa mineral, mineração, operações industriais e logística.



















A partir da observação do mapa, da leitura do texto e de seus
conhecimentos geográficos, pode-se afirmar que:
(A) a Vale atua em todos os continentes, com exceção da Antártida.
(B) a Vale é uma empresa de capital exclusivamente brasileiro.
(C) por sua origem brasileira, a Vale evita atuações que superexplorem a mão de obra.
(D) o continente com o maior número de empreendimentos da empresa é a Oceania.
(E) a base principal das operações da Vale é o enriquecimento de urânio, em parceria com o Irã.

UFTM

18 - Quem participa do G20?
Ministros da área econômica e presidentes dos bancos centrais de 19 países: os que formam o G8 e ainda 11 emergentes. No G8, estão Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia. Os componentes do G20 são: Brasil, Argentina, México,
China, Índia, Austrália, Indonésia, Arábia Saudita, África do Sul, Coreia do Sul e Turquia. A União Europeia, em bloco, é o membro de número 20, representado pelo Banco Central Europeu e pela presidência rotativa do Conselho Europeu. O Fundo Monetário Internacional
(FMI) e o Banco Mundial, assim como os Comitês Monetário e Financeiro Internacional e de Desenvolvimento, por meio de seus representantes, também tomam assento nas reuniões do G20.
(http://veja.abril.br/idade/exclusicomvo/ perguntas_respostas/g20/g-20.shtml. Adaptado.)
Sobre a formação do G20, pode-se afirmar que
(A) é uma forma de reconhecimento à maior participação destes países em problemas regionais, substituindo os organismos internacionais tradicionais como a ONU, o FMI e, na esfera militar, a OTAN.
(B) foi produto das transformações políticas que ocorreram após o fim da Guerra Fria e xpressa a nova divisão do mundo por grandes áreas de civilização, das quais esses países são os principais representantes.
(C) expressa os resultados políticos das mudanças na divisão internacional do trabalho, pois a maior parte dos membros que se uniram ao G8 são países da semiperiferia industrializada.
(D) representa o crescimento da importância do comércio de commodities no mundo atual e a preocupação, por parte dos países ricos, de que a sua escassez possa gerar conflitos internacionais.
(E) reflete a nova divisão do mundo entre uma maioria industrializada e uma parcela de países exportadores de produtos primários excluídos das decisões econômicas mundiais.

19 - Leia os textos.

I. Até julho, os principais destinos do couro brasileiro foram a China e Hong Kong, ambos com US$ 217 milhões (36,87% de participação); Itália, com US$ 133,31 milhões (22,65% de participação); Estados Unidos, US$ 47,32 milhões (8%), Vietnã, com US$ 24,50 milhões (4,16%), México, US$ 19,96 milhões (3,4%) e Alemanha, com US$ 15,10 milhões (2,57%).
(www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?id=31518)

II. As importações mantêm sua trajetória de crescimento em 2008. No acumulado destes dez meses, entraram no país 34,1 milhões de pares de sapatos, 49,9% a mais em relação a janeiro a outubro do ano anterior. A China continua liderando o ranking dos principais fornecedores,
com 71,8% do total das importações e enviou para o Brasil 29,3 milhões de pares. O Vietnã ficou em segundo, com 15,9% de participação, com 1.8 milhões de pares.
(www.abicalcados.com.br/noticias_outubro-registra-maior-queda-do-ano-nasexportacoes-de-calcados.html)

Assinale a alternativa que expressa a relação entre os dois textos.
(A) Na atual fase da globalização, fatores como mão de obra especializada e a existência de centros de pesquisa tecnológica são os principais atrativos para a indústria.
(B) A baixa escolaridade da mão de obra é um dos fatores que afastam os investimentos estrangeiros no setor industrial no Brasil.
(C) Grandes exportações de matérias-primas, embora garantam a entrada de divisas, não incentivam o desenvolvimento interno da indústria, além de “exportar” empregos.
(D) A economia globalizada permitiu um maior equilíbrio no comércio entre os países, pois mercadorias industriais e matérias-primas têm o mesmo valor no mercado.
(E) O crescimento da economia nas últimas décadas transformou os países asiáticos em destino da exportação de vários países, interessados em explorar seus mercados
internos.

20 - Considere o texto.
Não se sabe se o bloco formado por estes países é uma associação coesa ou um grupo informal, mas é certo que este bloco aponta para uma mudança na estrutura de poder mundial que deverá ocorrer nas próximas décadas. Este bloco nem sempre agirá conjuntamente, nem sempre terá a mesma posição, assim como o G7 nem sempre adota a mesma posição, por
isso não há razão para achar que farão diferente. Mas estes países, que já foram chamados de mercados emergentes, em desenvolvimento ou Terceiro Mundo, serão líderes em termos
de crescimento mundial e consumo nos próximos 25, 30 anos.
(oglobo.globo.com Adaptado)

O texto refere-se ao grupo de países conhecidos como
(A) Tigres Asiáticos.
(B) BRICs.
(C) Novos Países Industriais.
(D) Socialistas de Mercado.
(E) NAFTA.

21 - São Carlos, município do interior de São Paulo, apresenta peculiaridades que o destacam no quadro nacional. Apresenta grande concentração de pesquisadores: 1 para cada 180 habitantes. Abriga cerca de 39 cursos de graduação, escolas técnicas e centros de pesquisa. Um grande número de empresas instaladas é considerado de alta tecnologia. Uma fundação
é responsável por incentivar a transferência de tecnologias desenvolvidas nas universidades e centros de pesquisa para as empresas.
Com base nessas características, o município pode ser considerado
(A) um tecnopolo.
(B) uma cidade mundial.
(C) um centro metropolitano.
(D) uma conurbação.
(E) um enclave.

22 - Leia o texto a seguir para responder à questão. Se você precisar apenas de um serviço discreto, como armazenamento, ou então um parceiro LLP, a Penske oferece uma
ampla gama de recursos e a perícia necessária para atender às suas exigências. Nossa rede global consiste de uma frota dedicada de 12 000 veículos, 10 milhões de pés quadrados de
área de armazenagem e espaço para carregamentos cruzados e 300 centros de logística em toda a América do Norte, América do Sul e Europa.
(www.penskelogistics.com/portuguese)
O crescimento de empresas, como a do texto, reflete as características do capitalismo no final do século XX, com destaque para
(A) a retomada da industrialização em bases nacionais, por meio da adoção crescente de medidas protecionistas.
(B) a aceleração da circulação de capitais e mercadorias, por meio do processo de globalização da economia.
(C) a expansão do comércio e da circulação no ambiente virtual, com a redução das trocas físicas entre os países.
(D) a formação de blocos comerciais de economia autosuficiente, reduzindo a circulação de mercadorias às matérias-primas.
(E) o surgimento de empresas especializadas em “nichos” de consumo, como a Nike, com fábricas em vários países do globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares