Visitantes

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

10 questões sobre hidrografia - vestubular


IFG

1 - A Bacia Amazônica localiza-se no norte do país, nasce na cordilheira dos Andes, entra no Brasil com o nome de rio Solimões e passa a se chamar rio Amazonas quando recebe as águas do rio...
Assinale a opção que completa esta afirmação.
a) Purus
b) Madeira
c) Tapajós
d) Xingu
e) Negro

2 - Para a produção da hidreletricidade, o local depende primeiramente da energia solar, pois as águas vão das localidades mais baixas para as localidades mais altas pela evaporação e posterior precipitação.
Baseado nesta introdução, assinale a única opção que indica o melhor local para produção de hidreletricidade.
a) Rios localizados em terrenos planos.
b) Rios localizados em regiões de clima tropical.
c) Rios localizados em regiões de clima quente e com desnível de terreno.
d) Rios formados em localidade onde as nascentes são intermitentes.
e) Rios de planícies.

3 - Nasce em Minas Gerais, na serra da Canastra, e atravessa os estados da Bahia e de Pernambuco, com drenagem superior a 630.000 km2 e uma extensão de 3.160 km, tendo como principais afluentes os rios Paracatu, Carinhanha e Grande, pela margem esquerda, e os rios Salitre, das Velhas e Verde Grande, pela margem direita. De grande importância política, econômica e social, principalmente para uma região do país, é navegável por cerca de 1.800 km, desde Pirapora, em Minas Gerais, até a cachoeira
de Paulo Afonso, em função da construção de hidrelétricas com grandes lagos e eclusas, como é o caso de Sobradinho e Itaparica. O texto acima faz alusão à bacia do rio:
a) Amazonas
b) São Francisco
c) Araguaia-Tocantins
d) Paraná
e) Paraguai

4 - A hidrografia brasileira, basicamente constituída de rios e lagos, pode ser considerada a mais densa do mundo. Dentre as características descritas, assinale a
alternativa incorreta.
a) Os padrões de drenagem dos rios brasileiros são endorréicos e arréicos.
b) O regime de alimentação dos rios brasileiros é pluvial e não registra regimes nival ou glacial.Somente o rio Amazonas depende, em parte, do derretimento da neve na cordilheira dos Andes.
c) A grande maioria dos rios é perene, isto é, nunca seca totalmente. Apenas alguns rios nordestinos são intermitentes.
d) O padrão de drenagem dos rios brasileiros é exorréico.
e) A hidrografia brasileira é bastante utilizada como fonte de energia, mas muito pouco para a navegação.

IFBA

5 - Planeta água
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão
Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes são lágrimas na inundação
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra, pro fundo da terra
Terra planeta água... terra planeta água
Terra planeta água
Disponível em
Acesso em: 20 out.2008

Considerando-se a informação da música, os conhecimentos sobre a água e a hidrografia, é correto
afirmar:
A) A água é um recurso abundante, renovável, infinito e sua escassez está relacionada exclusivamente a
fatores antrópicos.
B) O fenômeno descrito na música corresponde ao ciclo hidrológico.
C) Os grandes reservatórios existentes no interior da Terra, em função da permeabilidade das rochas são
os verdadeiros responsáveis pelo fenômeno retratado na música.
D) Os igarapés são rios intermitentes que no Brasil, só existem na Amazônia devido ao relevo formado
predominantemente por depressões.
E) O aproveitamento das águas no Brasil como recurso energético, está limitado às regiões sul e nordeste
porque, só nessas regiões, o relevo é de planalto, fator primordial para a instalação das usinas
hidrelétricas.

IFPE

6 - A Hidrografia é a parte da Geografia que trata das águas: correntes, paradas, oceânicas e subterrâneas. Analise as proposições seguintes, relacionadas à questão das águas.
I. Os reservatórios subterrâneos, localizados a centenas de metros de profundidade e que apresentam enorme volume de água, são denominados aqüíferos.
II. No subsolo do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, fica o maior aqüífero do mundo – O Sistema Arqüífero Guarani –, com 1,21 milhão de km².
III. A exploração científica do Aqüífero Guarani, iniciada nos anos de 1970, concluiu que, nele, a água é de má qualidade, não sendo apropriada para o consumo humano.
IV. A distribuição do consumo mundial de água doce, de acordo com as atividades humanas, divide-se em 70% para a agricultura, 20% para as residências e 10% para as indústrias.
V. A irrigação e o desperdício de água podem provocar impactos ambientais irreversíveis, como o que ocorreu com o mar de Aral, que já perdeu ¾ do volume de suas águas.
Estão corretas, apenas:
a) I, II e III
b) I, II e IV
c) I, II e V
d) II, III e IV
e) III, IV e V

IFCE
7 - O dia mundial da água, data criada pela ONU em 22 de março em 1993, tem por objetivo chamar a atenção para a escassez desse recurso, bem como para conscientizar as pessoas sobre a necessidade de preservação e reaproveitamento da água de que dispomos.
É correto afirmar-se que
A) embora, na área intertropical do planeta, haja uma dominância de climas chuvosos, os estoques de água doce não são expressivos nessa área, pois essa também é uma área de grande evaporação.
B) o Brasil tem grande disponibilidade de água doce e, por essa razão, não enfrenta problemas de abastecimento em nenhuma de suas metrópoles nacionais.
C) o maior estoque de água doce é subterrâneo, superando o volume de águas em estado sólido (calotas polares, geleiras e neves permanentes), em razão do derretimento provocado pelo efeito estufa.
D) a impossibilidade da dessalinização de águas salgadas do planeta dificulta a solução de um problema que, com custos pouco elevados, atenderia toda a demanda mundial.
E) uma das consequências relacionadas à falta de água potável é o aumento da incidência de doenças, como a diarreia e outros males provocados pela água contaminada, os quais causam a morte de milhões de crianças em todo o mundo.

8 - Sobre as características da hidrografia brasileira, são feitas as seguintes afirmações.
I. Considerando-se os rios de maior porte, só é encontrado regime temporário no sertão nordestino,
onde o clima é semiárido, no restante do país, os grandes rios são perenes.
II. Predominam os rios de planalto em áreas de elevado índice pluviométrico. A existência de
muitos desníveis no relevo e o grande volume de água possibilitam a produção de hidroeletricidade.
III. Na região Amazônica, os rios têm grande importância como vias de transporte, e o potencial
hidrelétrico é amplamente aproveitado.

Está correto o que se afirma em
A) I apenas.
B) I e II apenas.
C) I e III apenas.
D) II e III apenas.
E) I, II e III.

UEPB

9 - Para reduzir pela metade a população sem acesso à água de qualidade até 2015 e atingir a meta proposta pela ONU, bem como evitar um futuro colapso no abastecimento deste precioso líquido, é necessário:
I. Aderir à proposta do Banco Mundial de privatizar a água, colocando-a no mercado a preços bem mais altos.
II. Usar medidas como as já implantadas no Japão de duplo sistema hidráulico com a reutilização da água para atividades que não precisam de água potável.
III. Utilizar maciçamente a água do subsolo e das geleiras e investir na dessalinização das águas dos oceanos, por serem fontes inesgotáveis desse líquido.
IV. Investir na despoluição de rios e lagos e tomar medidas preventivas para evitar a poluição de mananciais ainda puros. Estão corretas APENAS as proposições:
a) II, III e IV
b) III e IV
c) I, II e III
d) II e IV
e) I, III e IV

10 - Observe o gráfico da distribuição da água doce na superfície do planeta.

Com base nos conhecimentos sobre o tema e o auxílio do gráfico, podemos afirmar:
I - A distribuição desigual dos recursos hídricos é apenas uma face da problemática escassez de água potável no mundo; o desequilíbrio entre sua oferta e demanda passa também pela poluição dos grandes mananciais e pelas possibilidades das populações pobres terem acesso à água tratada.
II - A América do Sul, que sozinha detém quase 1/3 da água doce do planeta, se configura como área estratégica. Mas também enfrenta problema, com a ambiguidade entre o desperdício e a escassez de abastecimento de água potável entre as camadas de suas populações.
III - Os recursos hídricos estão equitativamente bem distribuídos por todos os continentes e dentro deles a carência de acesso a esse bem renovável se dá não por escassez, mas simplesmente por questões políticas, tais como no Nordeste brasileiro e no Saara, onde o subsolo guarda grandes reservas de água doce que poderiam abastecer as populações e desenvolver a agricultura irrigada sem problema.
IV - As estatísticas da distribuição da água pelo planeta por si não revelam toda a realidade de acesso, ou não, das populações a esse líquido, tal como ocorre com a Ásia, que, embora detenha um dos maiores percentuais da água doce do planeta, também detém a maior população, parte vivendo em pobreza absoluta e alguns povos em áreas de escassez, onde o acesso à água é causa de conflitos.
Estão corretas apenas as proposições
a) I, II e III
b) I, II e IV
c) II, III e IV
d) I, III e IV
e) II e III

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares