Visitantes

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

9 questões sobre relevo - vestibular


IFG

1 –













A partir da interpretação do trecho de uma carta topográfica apresentado, assinale a única afirmação incorreta.
a) A margem esquerda do rio R é mais acidentada que a margem direita.
b) A distância real entre X e Y é de 2,5 Km.
c) As menores altitudes estão na margem direta do rio.
d) O ponto Y está localizado na região mais alta desta carta.
e) A região X é a região mais propicia à prática da agricultura mecanizada.

2 - Com base na figura a seguir, identifique as feições topográficas orientadas pelas direções cardeais e colaterais.








a) Terreno aplainado a noroeste e íngreme a sudoeste e leste.
b) Terreno íngreme a nordeste e aplainado a oeste e leste.
c) Terreno íngreme a oeste e leste e aplainado ao norte.
d) Terreno aplainado ao norte e íngreme ao noroeste e sudeste.
e) Terreno íngreme a sudeste e sudoeste e aplainado a nordeste.


IFMT
3 - “A erosão acelerada não é uma coisa nova, ela acompanha a agricultura desde o seu início, há 4.000 ou 5.000 anos a.C., nos vales do Eufrates, Tigre e Nilo, onde, presume-se, tenha sido o berço da agricultura.” (CONCIANI, Wilson. Processos erosivos: conceitos e ações de controle. Cuiabá: Editora Cefet-MT, 2008. p. 11.)
Mesmo que a erosão seja um acontecimento antigo, como citado acima, o tema é sempre atual, trazendo muitos
transtornos para as zonas rural e urbana. Sobre a erosão, suas causas e consequências, é correto afirmar que:
a) é caracterizada pela destruição e transformação de rochas pela ação de agentes que modelam a superfície terrestre, através dos fatores endógenos (clima, rios, correntes marítimas, enxurradas) e de fatores exógenos
(animais, homens e vulcanismos).
b) nas encostas, as águas superficiais escorrem e formam as ravinas ou voçorocas com sulcos laterais inclinados, entretanto só provocam efeitos na superfície dos solos e são facilmente controladas pela ação antrópica.
c) é parte do processo de degradação do solo, provocando o acúmulo de metais pesados, lixiviação e diminuição de nutrientes; só ocorre com a intervenção do homem, tornando-se um dos mais sérios problemas ecológicos do planeta.
d) a ação do intemperismo físico e químico e das cheias e inundações compensam o material retirado pela erosão, com formações de cordões arenosos e praias nos rios e no litoral.
e) a ação da água como agente de erosão depende da quantidade que cai sobre o solo e da maior ou menor capacidade de infiltração que este solo oferece. A erosão provocada pelo escoamento superficial recebe o nome de erosão laminar ou em lençol.

4 - “[...] Nas amplas depressões e áreas abaciadas, a exemplo do Pantanal, a predominância de solos com características hidromórficas implica em dificuldades para a atividade agrícola, mas favorece a proliferação de pastagens nativas e, consequentemente, a sustentação da pecuária extensiva. Já as áreas em que há predomínio de solos com elevada fertilidade natural, a exemplo dos Luvissolos, são intensamente utilizadas com policulturas de arroz, feijão, café, algodão, hortaliças, cana-de-açúcar e pastagens [...].
(MORENO, Gislaene; HIGA, Tereza Cristina de Souza. A importância dos solos na evolução e expansão
ocupacional de Mato Grosso. Texto complementar. In: _____. (Orgs.). Geografia de Mato Grosso: território, sociedade, ambiente. Cuiabá: Entrelinhas, 2005. p. 235).

Com base no assunto pertinente ao texto, assinale a afirmativa correta:
a) Os elementos da natureza devem ser levados em consideração no processo de produção dos espaços, sob dois principais aspectos: a potencialidade dos recursos naturais e a fragilidade dos ambientes naturais. Assim, o planejamento ambiental articula-se convergentemente com o princípio de sustentabilidade.
b) A morfologia da superfície terrestre apresenta grandes variações de fisionomias, geralmente denominadas relevo. Entretanto, não há relação de interdependência entre formas de relevo, tipos de rochas e solos.
c) Até meados do século XX, terras boas eram aquelas que apresentavam relevos planos ou poucos inclinados, com solos cujas características físicas possibilitavam implementar com sucesso as práticas agrícolas; nas
últimas décadas, terras boas são aquelas que apresentam solos naturalmente férteis.
d) As planícies e o Pantanal do rio Paraguai localizam-se no Centro-Sul mato-grossense. As áreas de acumulação fluvial são modeladas em depósitos de sedimentos recentes. Algumas feições dessas áreas de acumulação recebem denominação regional, como, por exemplo, os “corixos”, que são pequenas elevações de terreno, também denominadas colinas.
e) Nos últimos 35 anos, grande parte do território mato-grossense encontra-se fortemente modificada pelas atividades humanas, em especial as áreas de planaltos e depressões, que apresentam relevos íngremes.

IFBA
5 - Borborema é uma unidade do relevo nordestino que se caracteriza por ser
A) uma bacia sedimentar localizada entre a Bahia e Sergipe.
B) uma extensa chapada formada no terciário, rica em minerais metálicos.
C) uma grande cuesta, localizada na porção setentrional do nordeste.
D) um planalto cristalino que separa o nordeste úmido do nordeste seco.
E) um dobramento moderno ainda em processo de formação.

IFCE

6 - As terras emersas são constituídas, basicamente, por escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos. Sobre bacias sedimentares, analise as
seguintes afirmativas.
I. Resultaram da solidificação do material magmático e de sua elevação à superfície.
II. Podem sofrer soerguimentos tectônicos, constituindo baixos planaltos ou platôs.
III. As mais antigas foram consolidadas ao longo das eras Paleozóica e Mesozóica.
IV. São constituídas por rochas metamórficas muito antigas, como os gnaisses.
As afirmações corretas são
A) apenas I e II
 B) I e III
C) II e III
D) III e IV
E) I, II e IV

UEPB

7 - Identifique as formas de relevo, associando-as as suas respectivas numerações do cartograma abaixo.






 
(   ) Dobramentos antigos, são escudos de consolidação mais recente que os primeiros núcleos de formação da crosta terrestre, às vezes, ainda afetados por forças tectônicas rápidas. Os melhores exemplos são os Montes Apalaches (EUA), Urais (Rússia) e as montanhas da Alemanha Central.
(   ) Escudos cristalinos de origem muito antiga, apresentam-se como baixos planaltos ou depressões. São os terrenos mais trabalhados pelo processo erosivo e os mais estáveis do ponto de vista tectônico. Como exemplos aparecem os escudos Brasileiro, Canadense e Australiano.
(   ) Bacias sedimentares que recobrem parcialmente as plataformas, formam espessos pacotes de rochas sedimentares depositadas ao longo das eras posteriores ao pré-cambriano. São exemplos as bacias dos rios Amazonas, Mississipi/Missouri e Colorado.
(   ) Dobramentos Modernos, são os terrenos mais recentes, elevados e instáveis. Localizam-se geralmente nas bordas dos continentes e sua gênese está relacionada à tectônica de placas, com destaque para as cordilheiras dos Andes, do Himalaia e Montanhas Rochosas. A seqüência correta das assertivas é:
a) 4 3 2 1
b) 2 3 4 1
c) 3 1 2 4
d) 1 4 3 2
e) 2 3 1 4

UFVJM

8 - A Cadeia do Espinhaço, representada neste mapa, é um conjunto de serras que se estende desde a região central de Minas Gerais até o interior da Bahia. O relevo montanhoso é uma de suas características marcantes, apresentando elevações que podem ultrapassar, muitas vezes, 1500 metros de altitude.

Com base no exposto e em seus conhecimentos sobre o assunto, ASSINALE
a alternativa INCORRETA.
A) O clima semi-árido predomina ao sul do Espinhaço, já que suas maiores elevações funcionam como barreiras naturais, impedindo que as massas de ar avancem sobre a região, interferindo no regime de chuvas.
B) A porção do Espinhaço, localizada na região central de Minas, destaca-se como área de transição de biomas, o cerrado na vertente oeste e a mata atlântica na vertente leste.
C) O Espinhaço é visto como uma área que sofre constantes ameaças ambientais devido às suas reconhecidas riquezas naturais.
D) As serras ao longo do Espinhaço abrigam nascentes de importantes rios, contribuindo para a drenagem de duas bacias hidrográficas, a do Leste e a do São Francisco.

UFTM

9 - Os 120 km de Altamira até a Reserva das Araras serão difíceis. É muito peso ladeira abaixo. A bike corre como um caminhão na banguela. Ladeira acima, o motor movido a
comida desidratada e muita água sobe devagarzinho. E há quem chame isso de Planície Amazônica! Só é planície pra quem anda de avião.
(Osvaldo Stella Martins. Projeto Transamazônica.)
Com base nos conhecimentos sobre o relevo e a vegetação do
Brasil, pode-se afirmar que o autor do texto está
(A) incorreto, pois a Planície Amazônica é constituída de planícies, depressões e planaltos sedimentares desgatados, cobertos pela densa vegetação da Floresta Amazônica.
(B) correto, pois as planícies são relevos esculpidos em bacias sedimentares, formando escarpas de serras e bordas de chapadas que diferenciam a mata de várzea da mata de
terra firme.
(C) incorreto, já que o termo planície refere-se apenas ao relevo do baixo curso do rio Amazonas, no qual predominam extensos manguezais nas amplas várzeas inundadas
diariamente pela maré.
(D) correto, pois a densa cobertura da Floresta Amazônica encobre um relevo diferenciado, no qual predominam as depressões, ficando a planície restrita aos terrenos próximos aos rios.
(E) incorreto, pois o termo Planície Amazônica refere-se ao grande domínio ecológico, ou seja, refere-se às características hidrográficas da região, onde predominam os rios com muitos meandros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagens populares